29 de dezembro de 2011

Infância tem gosto sim!


A minha tem gosto e é o de uma torta de sorvete que minha tia fazia quando eu era pequena. Era simplesmente divina. Um dia, estava sem fazer nada e me lembrei dessa torta, podia jurar que senti o gosto dela. Corri para o telefone e seguiu-se um diálogo mais ou menos assim:
Eu: Tia, sabe aquela torta de sorvete? Me dá a receita?
Tia: Mas por telefone? Você não vai entender...
Eu: Pode passar!
E então ela me passou a receita, eu fiz. Todo almoço a que eu vou me pedem pra levar a torta... será que ficou boa?
Há quem diga que é melhor do que a da minha tia :D
Depois percebi que todo mundo tem uma variação dessa receita e um nome diferente pra ela, pode verificar na sua família ou na internet :)
Após fazer essa receita muitíssimas vezes, fui fazendo releituras. Um dia colocava o caramelo, outro não. Um dia fazia somente o sorvete e congelava. Nessa da foto só faltou o caramelo.
Segue a receita completa.

Torta de Sorvete

Ingredientes

Creme amarelo
1 lata de leite condensado
5 gemas
2 medidas da lata de leite
Essência de baunilha a gosto

Como fazer
Misture tudo em uma panela, leve ao fogo e quando começar a ferver, desligue. Reserve até que esfrie.


Creme branco
5 claras em neve
2 caixinhas de creme de leite
6 colheres de açúcar

Como fazer
Bata as claras em neve com uma pitada de fermento químico pra ficarem bem firmes. Misture delicadamente o creme de leite e o açúcar às claras.

Calda
½ xícara de leite
3 colheres bem cheias de achocolatado

Como fazer
Misture bem e reserve.

Caramelo
2 xícaras de açúcar
½ xícara de água

Como fazer
Misture a água e o açúcar em uma panela, fora do fogo. Leve ao fogo e mexa esporadicamente, apenas girando a panela. Espere até caramelizar.


Montagem

Coloque o caramelo em uma forma de buraco no meio e espalhe. Por cima acrescente a calda de chocolate. Reserve.
Misture o creme branco e o creme amarelo delicadamente e coloque na forma reservada. Leve ao congelador por no mínimo 6 horas. Para desenformar basta deixá-la em temperatura ambiente por alguns instantes.


Beijos e um excelente Ano-novo pra vocês :D Até o ano que vem ;*

25 de dezembro de 2011

Salpicão na cestinha e feliz Natal!



Pode falar que é brega, tô nem ai :D
Gente, eu AMO salpicão e no Natal TEM QUE TER!
Tá, eu sei que assim como o strogonoff, salpicão tá fora de moda, mas como eu disse, eu amo clássicos e eles sempre funcionam, fora de moda ou não :)
Queridos, um feliz Natal e que Deus abençoe a vida de cada um de vocês :D


Salpicão na cestinha

400g de massa de pastel
1/4 de repolho verde finamente picado
1 peito de frango cozido e desfiado
1 cenoura grande ralada
1 maçã verde picada (deixe de molho na água com limão até a hora de usar, para não escurecer)
1 lata de milho escorrida
1/2 pimentão vermelho fatiado
1/2 xícara de uvas-passas sem semente
1/2 xícara de azeitonas picadas (usei verde)
Coentro picado a gosto
Maionese a gosto (pode usar iogurte natural também, fica uma delícia)
2 colheres (sopa) de mostarda (usei l'ancienne)
Suco de meio limão

Como faz?
Faça as cestinhas, coloque a massa em forminhas de empadas ou cupcakes e leve para assar até dourar :)
Para o salpicão, misture os legumes e o frango até ficar uniforme, acrescente a maionese, mostarda e limão a gosto e vá misturando, até o ponto desejado.
Distribua nas forminhas na hora de servir :D

Delicioso :D

21 de dezembro de 2011

uma receita não-receita




Hã?
Como é?
Então queridos, há receitas que não precisam de receitas, você só segue a idéia e usa os ingredientes que quiser.
É por isso que eu amo risotto, porque você joga o que tiver na geladeira, e foi o que aconteceu hoje.
Fiz assim: peguei uma panela, coloquei um pedaço de cebola, um pedaço de cenoura, um dente de alho, uma folha de louro, água (mais ou menos 1 litro e meio) e sal e deixei ferver (caldo de preguiçoso). Cortei uma calabresa em meia-lua, coloquei pra refogar em outra panela maior junto com um fio de azeite, um alho-poró fatiado, meia cebola picada, dois dentes de alho fatiados e duas pimentas de cheiro picadas. Quando estava bem douradinho juntei uma xícara de abóbora japonesa picada e uma xícara de arroz arbóreo e refoguei até o arroz ficar brilhante, juntei uma xícara de vinho, mexi até secar, ai é aquele esquema, coloca uma concha do caldo, mexe até secar, e coloca outra, assim atééééé ficar al dente. Desliguei o fogo e juntei uma xícara de queijo curado ralado... ficou booooooooooooooooooooooooooooom pra caramba :D

E os preparativos pro Natal, como estão?

18 de dezembro de 2011

Mais um bolinho...


... porque ninguém é de ferro!
Já enjoaram de bolo? Espero que não!
Domingo, fim de tarde, pede um bolinho né?
Esse é simples, FACÍLIMO e delicioso :)
Receita que vi primeiro no blog lindo e maravilhoso da Patrícia, mas o que me motivou a fazer foi o preparado pela Paula, diz que essa forma não é liiiinda!!!
Enquanto eu tentava tirar a foto pro blog, meu sobrinho falava: para de tirar foto, eu quero é comer :P
Segue a receita levemente adaptada :D


Bolo de leite condensado
(daqui e daqui, adaptado)

1 lata de leite condensado
1/3 de xícara de óleo (usei de soja mesmo)
4 ovos
1 e 1/4 xícara de farinha de trigo
1 colher de EXTRATO de baunilha
1 colher (sopa) de fermento

Como fazer?

Misturei tudinho até ficar homogêneo (sempre deixando o fermento por último), e levei pra assar!
Simples né?

Beijos e boa semana :)

14 de dezembro de 2011

Nhoque de arroz



Comida fácil, que traz lembranças da infância, e que ainda aproveita sobras da geladeira? Bom demais né?
Minha mãe fazia muito esse nhoque quando eu era mais nova, ai me deu uma saudade... corri pra cozinha e fiz.
A receita é daqui, mas eu adaptei, servi com um molho de tomate e cabresa, mas ele fica divino com molho branco e cubos de frango.


Nhoque de arroz
(adaptada)

2 xícaras de arroz
2 ovos
300ml de água
1 pimenta de cheiro sem as sementes
Uma pitada de páprica picante
Uma pitada de noz moscada
Uma colher (café) de tempero pronto
Um punhado de coentro picado
10 colheres de farinha de trigo, mais um pouco para enrolar

Como fazer

Bata os ingredientes no liquidificador, com excessão da farinha. Coloque a mistura numa panela, junte a farinha e cozinhe até desgrudar da panela.
Polvilhei a bancada com farinha coloquei a massa aos poucos, enrolei e cortei.
Cozinhe em água fervente, com sal, quando subirem estarão cozidos.
Cobri com molho e queijo ralado e levei ao forno só pra gratinar.

Gostinho de saudade :D

13 de dezembro de 2011

Bolo de laranja inteira


Eu amo bolo (deve ser por isso que sou fofinha), e quanto mais simples, pra mim, melhor.
Bolo de laranja é um clássico, assim como bolo de cenoura, e os clássicos nunca falham.
Aqui em casa tem bolo sempre e há muito tempo não entra bolo de caixinha por aqui, só quando minha irmã compra e eu acabo fazendo para não jogar fora.
Hoje está um friozinho gostoso por aqui, bom pra comer um bolo quentinho, com café :D
Esse bolo além de delicioso, é fácil, fácil.
Fiz esse bolo pensando em duas amigas queridas, a Cí e a Pâm. Elas amam bolo de laranja e amo as duas :)

Bolo de laranja inteira

2 laranjas, cortadas em 4, sem o miolo e sementes, mas com a casca
3 ovos
1 xícara de óleo
1 e 1/2 xícara de açúcar
1 pitada de sal
2 xícaras de farinha de trigo
1 colher (sopa) de fermento

Como fazer

Bata bem as laranjas com os ovos, o óleo, o açúcar e o sal no liquidificador.
Verta a mistura em um recipiente, adicione a farinha e misture até ficar homogêneo. Adicione o fermento e incorpore.
Leve para assar em forno médio, até dourar e fazer o famoso teste do palito.

Agora pense num bolo cheiroso...

11 de dezembro de 2011

Um vestido branco pra Preta

Então, vamos mudar o foco só por um instante. Todo mundo já percebeu que eu amo cozinhar, estou fazendo desse hobby minha profissão, aos poucos, mas estou. E como alguns também sabem, estou noiva. Daí que estava mantendo contato com uma revista de noivas daqui da capital, a DF Noivas, e a linda da diretora, a Jaqueline, me convidou para escrever uma matéria. Preciso dizer que amei a idéia?
Não vou falar muito sobre a matéria ainda (um tico de suspense é bom), mas posso dizer que para ilustrar as matérias, todas as meninas se vestiram de noivas.
Foi maravilhoso, e mesmo eu sendo a noiva mais displicente do planeta, foi muito legal provar um vestido de noiva pela primeira vez. Também adorei conhecer as noivinhas Paula, Letícia, Isabella, Mari, Naitê, Gabriella, Marta e Sabrina, a equipe e principalmente a Jaque que é puro auto-astral, além de muito atenciosa, querida e dedicada!
Enfim, a matéria sai em janeiro, e eu postarei por aqui, afinal, o Pimenta Preta tá caindo na mídia também.
Foi lindo gente! Amei!


7 de dezembro de 2011

Angel Food Cake


Mais conhecido como bolo de claras, esse vem láaa do La Cucinetta!
Recomendo muito esse blog, é maravilhoso!
Já fiz várias receitas de lá, e esse bolo é a segunda vez que aparece aqui na minha cozinha :D
A primeira vez eu não tirei fotos porque foi uma semana bem corridinha, quando meu primo (lindo) Rafael nasceu e eu fiquei com minha tia no hospital (até levei um pedaço pra ela hihihihi)!
Enfim, façam esse bolo, é delicioso! Imaginem um suspiro com textura de bolo, ou um bolo com gosto de suspiro... é mais ou menos por ai!
O difícil é juntar as 9 claras, mas como eu fiz muitas empadas, quiches e tortinhas doces, foi rapidinho! Lembrando que você pode ir juntando as claras e congelando-as, por até 8 meses.
Mas você pode também, fazer uma receita com muitas gemas, como quindim :D
Como a receita é grande, vou colocar o link do texto da Ana Elisa, que é super bem explicado!

Beijinhos :)

4 de dezembro de 2011

Flan de Cereja


Cereja tem cara de Natal né?
Já fiz essa receita duas vezes, ela é suave e muito gostosa, além de fácil :D
A única alteração que eu fiz foi acrescentar extrato de baunilha, porque o cheiro da cereja me lembrava balinha hahahaha
Aproveitem pra fazer bonito na mesa de Natal e Ano-Novo heim galera?

Flan de Cereja
Fonte: Panelaterapia

Ingredientes

1 lata de leite condensado
2 caixinhas de creme de leite
20 unidades de cereja em calda (usei um vidro de cereja já com a calda)
6 colheres (sopa) da calda da cereja (usei toda calda do vidro)
5 colheres (sopa) de suco de limão (usei o suco de um limão bem grande que mais pareceia uma laranja)
1 envelope de gelatina sem sabor preparada conforme o fabricante

Como faz?

Bata tuuuudo no liquidificador! Adoro receitas assim :)
Ai você pode fazer porções individuais ou não. Decore pra ficar bem bonitinho, afinal, seus convidados merecem :) Eu decorei con cereja fresca que é uma coisa linda de Deus né?

Boa semana :D

30 de novembro de 2011

Bolo invertido de abacaxi pra passar o tempo :)


Aqui na minha terra é assim: choveu, acabou a luz!
Acaba a luz, ai depois a água e antes de tudo isso já tinha acabado minha paciência!
Enfim, sem luz, nada de internet porque meu celular é uma porcaria, quem quiser me dar um novo eu aceito ok?!, nem de televisão, não tinha sono, o noivo não tava aqui... fui pra cozinha né?
Eu não gosto de abacaxi, mas só o cru, porque me dá uma zica no estômago e me dá uns machucados na boca, mas abacaxi coziiido... huuummmm... pode ser no lombo agridoce, em calda, cozido ou assado que foi o caso :)
Delicioso!

Bolo invertido de abacaxi
(a massa do bolo é incrível, é um super curinga, você pode trocar a farinha, o líquido, diminuir os ovos que mesmo assim é incrível, adaptada daqui há 1 milhão de anos)

2 xícaras de farinha de trigo
1 e 1/2 xícara de açúcar
1 xícara de leite
2 ovos
1 colher (sopa) de extrato de baunilha
1/2 xícara de óleo
1 colher (sopa) de fermento

Misture tudo, sempre deixando o fermento por último e reserve.

Montagem

Fiz um caramelo com 2 xícaras de açúcar e 1/2 xícara de água, coloquei numa forma que untei somente as laterais, depois coloquei rodelas de abacaxi por cima do caramelo. Coloque a massa em cima do abacaxi e leve ao forno baixo, pra não queimar o caramelo.

:D

27 de novembro de 2011

Quando a receita dá certo, mesmo dando errado...


Essa receita ganhei de uma amiga muito querida, a Bege, que me recomendou muito esse bolo.
Fiz o bolo, e como rende pouco, resolvi fazer em forminhas de pudim, só que pequeninas.
Daí que quando desenformei o bolo, ficou feio estranho 0o
Ai pensei 'ela não ia me colocar numa furada dessas...'
E bastou uma garfada do bolo pra ter certeza que ela não me colocaria numa roubada :D
Ficou horroroso, porém, DELICIOSO!

Obrigada Bege!


(vou colocar do jeitinho que ela me mandou!)

Bolo delicioso da Su

Preta... aí a receita.

6 ovos
8 colheres de chocolate em pó
6 colheres de açúcar
1 colher de manteiga
100g de coco ralado

Bate tudo no liquidificador e põe pra assar em forma untada e enfarinhada.


Calda

1 caixinha de creme de leite
6 colheres de chocolate em pó
4 colheres de açúcar
1 colher de manteiga

Desenforma, joga a calda em cima e vá a forra...hahahaha


Bjoooooooooooooookas Beeeeeeeeeeeege!



*Ela só não me disse como fazia a calda hahahaha, então coloquei tudo numa panela e levei ao fogo bem baixinho... servi quentinha sobre o bolo!

Amiga, muito obrigada, denovo!

24 de novembro de 2011

A tortinha do amor


Vocês enjoaram da "Sessão Tortas"?
Digam que não, por favor *----*
Ainda mais que essa receita é muitoooo especial!
Meu noivo não é muito fã de doces, e eu adoooro fazer doces, mas se for pra ele ficar só olhando, eu nem me animo.
Ai, um belo dia ele me faz um pedido especial, de doce... tem como dizer não?
Corri pra cozinha, sem receita mesmo e criei essa :)
Por isso é a tortinha do amor, do meu amor lindo :D

Ingredientes
Massa:
2 xícaras de farinha de trigo
½ xícara de açúcar
1 colher de leite
1 gema
¾ de xícara de manteiga ou margarina gelada
1 colher cheia de amido de milho

Como fazer:
Misture tudo até fazer uma farofa grossa, depois amasse o suficiente para unir tudo. Caso a massa fique seca, acrescente água gelada, uma colher por vez até a massa ficar uniforme. Forre as forminhas, fure a massa e asse até dourar. Reserve.

Recheio:
½ lata de leite condensado
½ lata de leite
2 gemas
1 colher de amido de milho
1 caixinha de morangos

Como fazer:
Misture tudo em uma panela fora do fogo. Leve ao fogo até engrossar. Deixe esfriar completamente.
Montagem:
Pegue a massa já fria, complete com o recheio e decore com morangos picados. Caso deseje, polvilhe açúcar refinado.

ps. se não tiver morangos, use outras frutas!

18 de novembro de 2011

Tortinhas de dois brigadeiros


Então... essa história de batizar as receitas é um tanto complicada!
Eu sei que dá um charme e glamour pra comida, mas, por exemplo, essas tortinhas, eu poderia chamá-las de 'torta duo', sei lá (foi ruim, eu sei também), mas dai sempre vai ter alguém pra perguntar o que é, e eu terei de responder "torta de dois brigadeiros".
A questão é que eu gosto de coisa simples, claras e objetivas :P
Brincadeirinhas à parte, mas acho que com comida, existe hora de ser simples e hora de ser afrescalhada. Mas deixemos para ser afrescalhados quando o ambiente e a ocasião pedirem, certo?
Eu sou chata né?
(Não respondam)

Torta de dois brigadeiros

Massa igual essa aqui.

Recheio de brigadeiro branco

1 lata de leite condensado
1 lata de creme de leite
1 colher de manteiga

Como faz?
Leve ao fogo, sempre mexendo, até desgrudar do fundo da panela.

Recheio de brigadeiro preto

1 lata de leite condensado
1 lata de creme de leite
3 colheres de cacau em pó (ou 6 de chocolate em pó, nada de achocolatado heim?)
1 colher de manteiga

Como fazer?
Mesmo procedimento do branco :D


Para montar, disponha uma colher cheia de cada brigadeiro na massa assada e fria e se desejar misture os dois com um palito!

Bãããão até!

14 de novembro de 2011

Brownie de aniversário e uma foto péssima


No dia 11/11/2011 o mundo não acabou, eu não casei e nem pari, mas minha irmã completou mais um aniversário, e como, pra mim, aniversário sem bolo não vale, lá fui eu pra cozinha!
Fiz um bolo simples, pois meu cunhado é mimimi e não gosta de calda/recheio/etc, então optei por uma cobertura fácil de ser retirada. Eu sou legal né?
Agora sobre a foto horrorosa... então, eu tava com cólica e ainda tinha um rodízio de pizza pra preparar, fiz a foto só para vocês não ficarem imaginando!

Brownie de aniversário
(receita criada na hora)

6 ovos
2 xícaras de açúcar
450g de chocolate meio-amargo (usei com 53% de cacau)
250g de manteiga sem sal
1 xícara de farinha de trigo

Como fazer?
Derreta o chocolate junto com a manteiga (em banho-maria ou microondas) e reserve.
Misture os ovos com o açúcar, adicione a farinha e em seguida o chocolate com a manteiga. Deixe homogeneo e leve para assar. Lembrando que brownie não assa por completa, quando fizer o teste do palito ele não deve sair limpo.
Fiz na batedeira porque meu fuet quebrou e eu ando fugindo da colher de pau pra fazer bolo :P

Decorei o bolo com chantilly caseiro, bati 500ml de creme de leite fresco bem gelado com 2 colheres de açúcar de confeiteiro. Por cima adicionei cerejas e uvas, eu queria morangos :(

Ficou maravilhoso (mesmo eu comendo apenas uma fatia da espessura de uma folha)

11 de novembro de 2011

Torta de Limão e Merengue


Me disseram que tenho que batizar as receitas, tô começando a concordar :P
Para mais uma variação de cardápio, fiz essas tortinhas maravilhosas, doces e azedinhas ao mesmo tempo. O ruim de doces assim é que não enjoamos e comemos muito :D

Massa (mesma daqui, acrescida meia xícara de açúcar)

Recheio

1 lata de leite condensado
1/2 xícara de suco de limão espremido na hora

Como fazer: misture tudo (adoro receitas de misturar tudo :D )

Merengue (sem ovos)

1 xícara de açúcar de confeiteiro
1/4 de xícara de água
1 colher (café) de emulsificante

Como fazer: Bata tudo na batedeira até ficar bem fofo e cremoso.

Montagem: disponha a massa nas forminhas, perfure-as com garfos e leve-as para assar até dourar.
Depois que esfriar, coloque o recheio de limão a gosto e cubra com o merengue. Decore com raspas de limão.

* Esse merengue (ou marshmallow) é incrível! Não vai ovos, não dá trabalho e fica ótimo! Experimentem!

Bom sábado!

3 de novembro de 2011

Quiche de calabresa e alho poró




Então, me foi solicitado uma variação de cardápio.
Daí pensei em quiche lorraine, mas quando olhei a geladeira... dava pra fazer uma quiche lorraine bem falsa :)
Simples, muito simples. Quiche é bão porque é super versátil, você coloca o que tiver na frente :P

Vamos lá:

A massa foi essa, me rendeu 12 mini-quiches e sobrou um pouco.
Forrei forminhas de fundo falso e furei com o garfo.

O recheio fiz assim:
Piquei uma calabresa em cubinhos e dourei na frigideira. Juntei um alho poró fatiado bem fininho e deixei esfriar. Depois de frio, distribui nas formas preparadas.
Depois, bati 2 ovos com mais ou menos 1 xícara de leite e 1 xícara de queijo ralado (usei queijo curado), uma pitadinha de sal (o queijo já era bem salgado) e orégano a gosto. Misture bem e distribua nas formas. Leve para assar até ficar beeem douradinha.

Quem comeu elogiou ;)

31 de outubro de 2011

Vamos sonhar?


Sooooonhos... huummmmm...
Difícil quem não gosta, certo?
Eu adoro, ah, e já que é pra enfiar o pé na jaca, tem que ser frito ok?
Namorei essa receita por muito tempo e hoje finalmente eu fiz :D
Segui a receita a risca (e o modo de fazer da Akemi), ficaram maravilhosos.
Recheei com essa ganache pois não gosto de creme de confeiteiro e estava com preguiça de fazer doce de leite :D
Façam-os! Deliciosos :P

27 de outubro de 2011

Cupcakes clássicos da SR


Nos tempos da faculdade eu estagiei na Superintendência da Caixa Econômica.
Posso dizer com certeza que foi o melhor lugar que trabalhei até hoje!
Lá conheci pessoas MA-RA-VI-LHO-SAS, que faço questão de manter o maior contato possível.
Aquela coisa né? Mantenha quem você gosta perto! Ah, e nada de inimigos mais perto! Quero meus inimigos (se é que eu tenho) láááááááááááá na casa deles :P
Voltando ao trabalho... havia dias em que as demandas estavam mais tranquilas e ao invés de ficar olhando para o tempo e pensando na morte da bezerra, eu ia pra cozinha :D
Sempre rolava um brigadeiro de microondas, ganache, brownie e esses cupcakes.
Essa receita é muito especial pra mim, retirada de um caderno de receitas bem antigo da minha tia, nunca me deixou na mão!
Ela rende um bolo grande, ou no caso, 24 cupcakes!

Cupcake (ou bolo) de cenoura

2 cenouras médias
3 ovos
2 xícaras de açúcar
1 xícara de óleo
1 pitada de sal
3 xícaras de farinha de trigo
1 colher (sopa) de fermento químico

Como faz?

Descasque e pique as cenouras. Bata no liquidificador junto com o óleo, ovos, açúcar e o sal. Bata BEM!
Verta a mistura em um recipiente e junte a farinha peneirada. Misture bem e quando ficar homogêne, agregue delicadamente o fermento.
Leve para assar em forma enfarinhada (ou em formas próprias para cupcake), sempre em forno pré-aquecido e asse até fazer o veelho teste do palito.

O bolo sozinho já muito bom, mas um clássico bolo de cenoura leva cobertura de chocolate, certo? E quem sou eu pra desfazer um clássico, certo? Entããããão, cobri os cupcakes com uma ganache simples.

Ganache

100g de chocolate meio-amargo
100g de chocolate ao leite
100g de creme de leite

Derreta os chocolates em banho-maria ou no microondas, junte o creme de leite e misture bem (parece que não vai dar certo, mas dá).
Cubra os cupcakes (ou o bolo) a gosto!


Beijos e até a próxima ;)

24 de outubro de 2011

A mousse


Por favor, enfatizem o 'A', porque é A mousse mesmo. Poderia facilmente chamá-lo de nuvem.
Adoooro mousse, além de super fácil de fazer (pelo menos as receitas que eu faço são), são deliciosas e é difícil alguém que não aprecie.
Lá em casa a clássica é a de maracujá (I Love passion fruit!!!) tão azedinha e suave... hummmm. Vez ou outra uso a combinação de maracujá com chocolate, que pra mim é maravilhosa. Também aparece por lá a mousse de limão.
Um belo dia me peguei babando por uma mousse de chocolate e pensei: “PORQUE NUNCA FIZ UMA MOUSSE DE CHOCOLATE?!?!?!?”. Corri para a internet e me prostrei a procurar receitas. A maioria quando não me agradavam muito na forma de preparar ou faltava algum ingrediente.
Bom, eu sei cozinhar (pelo menos não morro de fome), não é possível que eu não ia conseguir montar uma receita. Peguei princípios, ingredientes e montei a minha receita. Ficou maravilhoso. Aerado e doce na medida. Meu sobrinho suspirou e disse que estava delicioso. :D

Ingredientes
200g de chocolate meio amargo
3 ovos, claras e gemas separadas
3 colheres de açúcar
2 colheres de chocolate em pó
1 caixinha de creme de leite

Como fazer
Derreta o chocolate em banho maria ou no microondas e reserve.
Bata as claras em neve e reserve também.
Em seguida bata gemas com o açúcar na batedeira até formar um creme esbranquiçado.
Diminua a velocidade da batedeira e acrescente o chocolate derretido e em seguida o creme de leite.
Bata por mais alguns segundos e incorpore as claras em neve, com uma colher de pau ou fuet, de baixo pra cima, para não perder o ar das claras e a mousse ficar pesada.
Leve para gelar e decore como desejar, vale chocolate em pó, raspas de chocolate.

Muito, muiiiiiiito bom :D

13 de outubro de 2011

Bolo de fubá mega fácil


Até eu, que amo cozinhar, ficar na cozinha horas e horas, de vez em quando gosto de receitas fáceis, principalmente quando estou com pressa.
Hoje de manhã, enquanto ajeitava a cozinha para preparar o almoço, fiz esse bolo rapidinho, para o meu amor levar para lanchar no trabalho.
Eu não gostava de bolo de fubá por dois motivos: o primeiro é que a maioria dava pra sentir o fubá, parecia que o bolo tinha areia, e o segundo é que quando não ficava 'arenoso', ficava igual pudim.
Esse fica beeem fofinho e desmancha na boca... huummm...


Bolo de fubá
(use o famoso copo de requeijão como medida)

1 copo de açúcar
1 copo de farinha de trigo
2 copos de fubá mimoso
1 copo de óleo
2 copo de leite
3 ovos
1 pitada de sal
1 colher (sopa) de fermento

Como fazer
Coloque todos os igredientes no liquidificador, com excessão do fermento e sempre começando pelos liquidos, para facilitar.
Bata por pelo menos 5 minutos, isso é muito importante.
Acrescente o fermento, bata só mais 5 segundos e despeje numa forma untada e enfarinhada. Leve para assar por aproximandamente 45 minutos (depende do forno), até que ao enfiar um palito ele saia seco.

Sirva com um cafézinho :D

11 de outubro de 2011

ahhhhh, pudim...



Gosta de pudim?
Eu aaaamo :)
Se deixar como sozinha :P
Pudim lembra minha infância, sempre que tinha almoço na casa da minha vó, minha tia preparava. O problema é que era tãaao pequeno :(
É também a sobremesa preferida do meu pai, então, sempre é uma desculpa para prepará-lo. Vamos lá?


Pudim de leite condensado

1 lata de leite condensado
1 medida de leite
3 ovos

Caramelo
2 xícaras de açúcar
1/2 xícara de água

Como fazer?
Faça o caramelo. Misture a água e o açúcar numa panela e leve ao fogo baixo e NÃO MEXA com colher, gire a panela segurando-a pelo cabo. Quando chegar na cor caramelo, disponha na forma e espalhe, girando-a. Cuidado para não se queimar. Reserve a forma.
Bata os demais ingredientes, despeje na forma caramelada* e leve para assar em banho-maria, temperatura baixa. O tempo varia de acordo com o forno e o tamanho do pudim. Ele deve estar firme, espete com uma faca e ela terá que sair limpinha. Eu retiro do forno e deixo esfriar completamente dentro da forma. Quando frio, ele gira sozinho na forma, isso é minha garantia que ele não vai quebrar. Leve a geladeira por pelo menos 2 horas antes de servir.
*Se você gosta do pudim lisinho, bata os ingredientes e deixe descansar alguns minutinhos, depois, quando for colocar na forma, coloque lentamente, passando a mistura por uma peneira.

Beijocas. :)

9 de outubro de 2011

Guacamole


Aposto que um monte de gente torceu o nariz agora.
Paciência, gosto cada um tem o seu :D
Eu mesmo, há muito tempo atrás, achava guacamole meio esquisito, porém, depois de prová-lo, foi amor à primeira vista.
Além do sabor, guacamole me traz lembranças muito, muito, muito boas. Na época da faculdade, quase todas as sextas comiamos guaca, bons tempos...
Cada vez que o preparo, lembro-me com uma saudade tão boa... enfim, nostalgias a parte, faça-o também (se você não tem medo de comida boa) :D


Guacamole
(serve 4 pessoas com fome)

1 abacate beeem grande e maduro
1 cebola pequena bem picadinha
1 tomate pequeno, sem as sementes, picadinho
1 pimenta dedo-de-moça, sem as sementes, picada
suco de 1 limão
sal, azeite e coentro picado a gosto

Como o nome sugere, guacamole é moleeeza de preparar: amasse o abacate, misture o restante dos ingredientes e prove pra ver se o tempero está do seu gosto.
Sirva com tortilhas, eu fui de Doritos mesmo :P

3 de outubro de 2011

Petit Gâteau


Fiquei com a música dessa propaganda na cabeça o final de semana INTEIRO!
Então, como toda pessoa normal, com pensamentos gordos, ao invés de tomar abuso de petit gâteau, eu fui me aventurar na cozinha.
Afinal, é só uma propaganda, não influencia... :P

Receita daqui, com adaptações

200 g de chocolate meio amargo (usei chocolate branco)
2 colheres de manteiga sem sal (usei com sal)
1/4 de xícara de chá de açúcar
2 colheres de sopa rasas de farinha de trigo
2 ovos inteiros
2 gemas

Como eu fiz:

Derreti o chocolate com a manteiga no microondas. Enquanto isso bati, na batedeira, os ovos, gemas e açúcar, até ficar claro e fofo.
Juntei tudo e adicionei a farinha de trigo. Deixe a mistura homogênea e divida-a em forminhas próprias pra petit gâteau, devidamente untadas e enfarinhadas.
A parte complicada é agora: em cada receita que você achar, terá um tempo diferente de cozimento. Você tem que conhecer seu forno, e definitivamente, o meu me odeia.
Segui o tempo médio que encontrei, de 8 minutos, tava mole, 12 minutos, também. O meu ficou bom por volta dos 15, mas como eu disse, CONHEÇA SEU FORNO, ele é temperamental. :D

Bon Appetit!

1 de outubro de 2011

Empadaaaaaaas!


Adoro empada, é um dos meus salgados preferidos. Porém, odeio empadas de festinhas, aquelas que vêm um fiapo de frango e um quilo de batatas no recheio, sabe? Raramente se encontra uma empada decente em festas.
Sempre que eu queria fazer, minha mãe vinha com a mesma conversa de que a massa era muito gordurosa, que ia muita gordura hidrogenada e tal. Sempre adiei minha querida empadinha, sem falar que nem as formas eu tinha :D
Eis que um dia encontro uma receita de massa sob o codinome de FANTÁSTICA. Eu tinha que prepará-la. Comprei as formas e fiz. Realmente, fantástica.
Vamos a receita, SEM BATATAS!

Ingredientes
Massa:
3 xícaras de farinha de trigo;
1/2 xícara de manteiga;
1/2 xícara de óleo;
1 gema;
1/2 xícara de leite;
1 colher de fermento em pó;
1/2 colher de café de sal.

Como fazer:
Misture tudo até obter uma massa uniforme. Forre as forminhas desejadas. Pode ser uma única forma também.

Recheio (fui do tradicional frango com milho, mas use e abuse da imaginação):
1 peito de frango grande, limpo e sem a pele
1 cebola média picada
1 colher de manteiga
1 tomate sem sementes picado
2 dentes de alho amassado
1 lata de milho verde escorrido
1/2 copo de requeijão cremoso
Salsa, sal e corante a gosto.

Como fazer:
Coloque o frango com sal e corante em uma panela de pressão, cubra com água e cozinhe até o frango ficar macio. Escorra o caldo, desfie o frango e reserve. Em uma panela, aqueça a manteiga e doure o alho. Em seguida acrescente o tomate e a cebola, junte o frango e tempere a gosto. Junte a salsa e o milho, mexa e deixe esfriar. Quando estiver completamente frio, agregue o requeijão.

Montagem:
Preencha a forminha reservada com o recheio e feche com uma camada de massa. Pincele uma gema e leve ao forno em temperatura média até dourar.

15 de setembro de 2011

Boteco très chic!



Não é nem uma receita propriamente dita!
Quando estou numa cozinha, invento moda até mandar parar, então essa foi mais uma!
Uma moda bem boa :D
Eu amo fritura (ó) e amo bolinho de arroz!
Dai que tinha arroz sobrando e eu não gosto de jogar comida fora! (Desculpa esfarrapada pra fazer o bolinho!) Não se atente as medidas, pois variam ;)
Joguei no processador (amo meu processador) umas 3 xícaras de arroz cozido, 1 ovo, 2 colheres de farinha de trigo (colher de mão ok?), um punhado de salsinha e uma pitada generosa de sal! Bati atéeeee dizer chega, o ponto certo é quando você pega um pouco da massa e aperta e ela não esfarinha!
Ok, isso é um bolinho simples, mas, o chique aqui é que, recheei meus bolinhos lindos com pedaços de Camembert! Huuuuuuuuuuuuum!!!!
Molde os bolinhos e frite!
Deve ficar bom com cerveja, mas eu fui de suquinho de goiaba mesmo :D

11 de setembro de 2011

Vai uma fatia?


Hoje é um dia lindo, eu sei que faz 10 anos do ataque do WTC e blábláblá, mas, há 23 anos, nascia a pessoa mais linda e fofa do mundo: meu noivo!
Amor, parabéns! Tudo de maravilhoso pra você!
Fiz essa MA-RA-VI-LHO-SA Torta Holandesa pra comemorar seu aniversário, e agora devo confessar que vou ter que arrumar várias desculpas para prepará-la novamente: simplesmente divina.

Corram pra cozinha e façam!


Fiz 1 e 1/2 receita, pois minha forma tem 29cm de diâmetro, então vou colocar as mudanças que eu fiz, mas se quiser a receita original, veja aqui.

Ingredientes da base:
300g de biscoito maizena triturada
4 colheres (sopa) de margarina ou manteiga em temperatura ambiente
1 pacote de biscoito Calipso

Ingredientes do recheio:
300g de chocolate branco picado
450g de creme de leite
300g de cream cheese em temperatura ambiente
3 colheres (sopa) de açúcar
3 colheres (chá) de gelatina sem sabor
5 colheres (chá) de água (Para hidratar a gelatina)
3 claras batidas em neve

Ingredientes da cobertura
180g de chocolate meio amargo
200g de creme de leite

Modo de preparo
Triture o biscoito no processador (ou liquidificador), junte a margarina até obter uma farofa grossa.
Alinhe os biscoitos cobertos de chocolate nas laterais da forma, e coloque a farofa da base e aperte e alise com uma colher. Reserve na geladeira.
Derreta o chocolate branco e misture o creme de leite.
Bata o cream cheese na batedeira com o açúcar até ficar cremoso, junte a mistura de chocolate e continue batendo em velocidade baixa.
Prepare a gelatina conforme o fabricante e agregue à mistura, ainda com a batedeira ligada.
Incorpore as claras em neve, com cuidado para não perder o ar, coloque na forma preparada e deixe na geladeira de um dia para o outro.
Derreta o chocolate meio amargo e misture com o creme de leite, coloque sobre a torta já gelada e retorne a geladeira para firmar.

30 de agosto de 2011

Cupcake compra banca




Quem comeu esse cupcake sabe sua história!
Ano passado, me formei em jornalismo, e meu trabalho de conclusão de curso, foi uma revista de culinária (isso é que eu chama de unir o útil ao agradável).
Quando eu estava preparando a apresentação, fiquei pensando: "Caraca, vou ficar falando de comida, sem nada pra comer?", então preparei uns quitutes. Além desse cupcake magnífico, rolou também mousse de maracujá com raspas de chocolate ao leite, mousse de limão com raspas de chocolate branco e guacamole.
Afinal, eu tinha que passar de qualquer forma :D

A receita do cupcake é essa aqui, aproveitando a brecha, super recomento esse blog!
A única diferença é que não coloquei a cobertura sugerida, e sim um chantilly delicioso feito de creme de leite fresco e açúcar baunilhado.
Ah, também recheei o cupcake com brigadeiro, antes mesmo de assar. Coroei meu lindo bolinho uma linda cereja e confeitos prateados!

Delícia!

21 de agosto de 2011

Brigadeiro Gourmet



Um belo dia, cheguei toda serelepe como sempre para trabalhar e, eis que uma das minhas chefes (aquela mãezona de todo mundo sabe?) me chama até sua mesa e me dá dois presentões: O Livro do Brigadeiro e o famos livro da Dona Benta. Preciso dizer que fiquei toda boba? Todo mundo que passava pela minha mesa, eu mostrava os presentes, tooooda metida. :P
Daí começei a pensar: tenho que retribuir esses mimos!
Quem me conhece, sabe que eu gosto de dar presentes feitos por mim, seja artesanatos ou comida. Como ganhei livros de receita, não pensei duas vezes em dar alguma guloseima à ela. Também não foi difícil escolher receita, a eleita já estava na capa de um dos livros: Brigadeiro!
Helô, especialmente pra você!

Brigadeiro Gourmet
(daqui)

Ingredientes

1 lata de leite condensado
4 colheres (sopa) de chocolate em pó, NÃO USE ACHOCOLATADO (ou 8 colheres de raspas do seu chocolate favorito)
1 colher (sopa) de manteiga extra sem sal
raspas de chocolate para confeitar (eu usei granulados em bolinhas, castanha de caju e cacau em pó)

Modo de fazer

Misture o leite condensado com o chocolate em pó (ou as raspas de chocolate) em uma panela ainda fora do fogo, junte a manteiga e leve ao fogo baixo, mexendo sempre até que a massa desgrude do fundo da panela. Quando estiver no ponto, retire da panela e transfira para um recipiente untado com manteiga. Deixe esfriar, molde as bolinhas, passe-as no confeito escolhido.

31 de julho de 2011

Bavette al pesto




Domingãaao... dia de comer horrores :P
Daí que eu tava inspiradíssima para cozinhar (novidade), e queria comer algo beeeeem gostoso.
Olhei no armário e sorri, tinha tudo pra preparar uma massa ao pesto.
Amo pesto, é um dos poucos molhos que eu poderia comer regularmente sem enjoar. Eu sei, eu sei, pesto é feito com pinoles, but, me recuso a pagar 16 pilas por 25g, então usei castanha do Pará mesmo. E ó, ficou liiiiiindo!
Fui na casa da minha vó, roubei o pé um maço de manjericão fresquinho e sem agrotóxico e mandei ver.
Ahhhhh, como é bom comer bem :D
Na foto está apenas a massa, mas ela foi acompanhada por uma bela picanha ao *sal de alecrim e limão, grelhada.
Todo dia devia ser domingo ^^

Bavette al pesto
(6 pessoas ou 4 com muita fome, que foi o caso)

500g de bavette (ou outra massa) cozida al dente

Pesto (receita minha)

1 maço de manjericão (só as folhas)
1 dente de alho
6 castanhas do Pará
raspas e suco de 1/2 limão siciliano
azeite
sal
queijo parmesão ralado na hora

Como fazer
Lave e seque as folhas, bata no liquidificador com o restante dos ingredientes, exceto o queijo.
Vá acrescentando o azeite aos poucos, até conseguir bater, mas não ponha muito. Como pesto é feito no pilão, quando é feito no liquidificador, não se deve bater muito, pois irá amargar.
Retire do liquidificador, transfira para um recipiente de vidro e junte o queijo ralado, até obter consistência de pasta.
Junte o molho à massa quente e seja muito feliz.

*Sal de alecrim e limão (receita inspirada nele)

casca de um limão siciliano ralada
1 colher de folhas de alecrim fresco
1 dente de alho
2 colheres de sal grosso

Amasse tudo no pilão e utilize para temperar a vontade. Fica bom em tudo :D


Boa semana!

5 de julho de 2011

Docinho de copinho


...ahhh a moda!
Quem disse que na culinária também não tem moda? Heim? Heim?
Docinhos de copinhos chegaram e nunca mais foram embora. Particularmente, eu prefiro o tradicional, mas, em dias de preguiça pressa, a melhor saída é fazer em grande escala e tacar no copinho!
Esses docinhos (brigadeiro, mousse de limão e baba de moça com maracujá) foram feitos especialmente pra minha dindinha!

Bora lá...

Mousse de limão
Ingredientes
Mousse
1 lata de creme de leite
1 lata de leite condensado
Suco de limão a gosto

Como fazer
Junte todos os ingredientes no liquidificador e bata até ficar homogêneo. Coloque o suco de limão aos poucos, até obter o sabor desejado.

Cobertura (marshmallow sem ovos)
1/2 xícara de açúcar de confeiteiro
1/4 de xícara de água
1/2 colher de sopa de emulsificante
raspas de limão para decorar

Como fazer
Bata todos os ingredientes na batedeira até inflar e ficar firme, mais ou menos 5 minutos.

Montagem
Distribua a mousse nos copinhos e finalize com a cobertura (eu usei saco de confeitar) e raspas de limão. Mantenha na geladeira.

Baba de moça com maracujá
Ingredientes
1 lata de leite condensado
1 vidro de 200ml de leite de coco
3 gemas
1 maracujá grande

Como fazer
Misture o leite condensado, o leite de coco e as gemas numa panela, leve ao fogo e mecha até engrossar.

Montagem
Distribua o doce nos copinhos e acrescente por cima uma colher da polpa do maracujá. Mantenha gelado.

Brigadeiro
Ingredientes
1 lata de leite condensado
1 lata de creme de leite
1/3 de xícara de chocolate em pó com 50% de cacau
1 colher de manteiga sem sal
Granulados pra decorar

Como fazer
Misture os ingredientes com excessão dos granulados, leve ao fogo ate engrossar.

Montagem
Distribua nos copinhos e decore com os granulado.

muuuuuuuito bom :)

1 de julho de 2011

ô abre alas que eu quero passar...


...eu sou mangueira e não posso negar! hahaha
Eu adoooro a combinação de verde com rosa. E não torço pela Estação Primeira de Mangueira no carnaval. Mas se pra defender esse sorvete rosa&verde, tenho que virar mangueirense, eu viro!
Não sei o que esse assunto tem a ver, mas a primeira coisa que pensei ao ver esse sorvete foi na escola de samba.
Piadinhas à parte, esses sorvetes são deliciosamente refrescantes sem serem enjoativos.
Há algum tempo comprei uma sacola cheia de kiwis. A idéia era fazer geléias (sou viciada em geléias, mais viciada ainda em prepará-las), mas acabei encantada com a receita de um sorvete. Primeiro que adoro sorvetes, segundo que eu já fiz geléias demais nos últimos dias.
Ainda estava em dúvida, mas o calor que fez naqueles dias acabaram com elas. E só pra tirar o peso da consciência por tomá-lo já aviso: kiwi tem mais potássio que banana, o dobro de vitamina C da laranja e auxilia no combate ao câncer e problemas do coração.
Já o sorvete de morangos, bem, época de morangos. Essa já é uma boa explicação né? :D


Sorvete de kiwi
(ligeiramente adaptado daqui)

Ingredientes:
8 kiwis cortados em cubos
1 copo de iogurte natural
100 ml de água
1 xícara de açúcar
1 colher de amido de milho
Como fazer:
Em uma panela, misture o amido de milho com a água e mexa até cozinhar e reserve. Cozinhe o kiwi com metade do açúcar até ficar sem caldo.
Bata no liquidificador o iogurte, a mistura de amido e o restante do açúcar. Acrescente o kiwi e bata por mais dois minutos.
Coloque em um recipiente e leve ao congelador. Após duas horas, retire do congelador e bata na batedeira durante cinco minutos. Retorne ao congelador até obter consistência de sorvete.

Sorvete de morango
(daqui)

Ingredientes:
500g morangos maduros limpos e picados
3/4 de xícara de açúcar
Suco de 1 limão
1 pitada de sal
2 xícaras de creme de leite fresco

Como fazer:
Amasse os morangos com um garfo com o açúcar, o sal e o suco de limão. Deixe descansar, mexendo às vezes, por 10 minutos. Coloque metade da mistura no liquidificador e bata com o creme de leite até que fique homogêneo. Misture ao restante dos morangos com uma colher e leve a mistura ao congelador por 4 horas, retire e bata no liquidificador e retorne ao congelador até firmar.

29 de junho de 2011

mais uma primavera...



Então, na segunda-feira eu tinha 15 anos, dormi, e ontem acordei com 22! Espanto O.O!
Me senti tão Jenna! hahaha
Brincadeiras a parte, quando as pessoas dizem que o tempo voa, não é brincadeira não. Voa MESMO!
Sinto falta de algumas coisas da adolescência, como ter R$1,00 no bolso e achar que é rica, mas envelhecer é fascinante, as coisa que aprendemos e que só o tempo ensina, as pessoas que conhecemos, as experiências que vivemos... Enfim, realmente não faria sentido envelhecer, se não aprendessemos nada, certo?
Bom, chega de conceitos de livro de auto ajuda, o motivo da postagem é outro.
Aqui em casa quem cozinha coisas mais frescurentas sou eu, então quando é meu aniversário, se eu quero um bolo eu tenho duas opções: ou eu compro ou eu faço!
Legal né? Esquentar a barriga no fogão no dia do aniversário? Eu adoro! Tá, pode me chamar de doida!
Enfim, não teve festa nem nada, mas eu queria só comer um bolo, sei lá, tem todo aquele simbolismo né?
Eu namorei esse bolo desde que a Si postou, só procurava vergonha na cara uma oportunidade pra fazer, eis que surgiu.
Gente, ficou incrível!
Segui a receita dela, porém, como não achei o pão-de-ló pronto, fiz essa receita 1 e ½ vezes. Uma normal e a outra metade acrescentado chocolate em pó com 50% de cacau, também acrescentei as sementes de uma fava de baunilha ao bater o chantilly e reguei o bolo com uma calda leite condensado, uma vez que não estou consumindo refrigerante. Ah, por cima joguei amêndoas em lascas! So so good!



É bem mais gostoso envelhecer assim :D




Beijocas!

25 de junho de 2011

Ahhh, risotto...

Eu AMO risotto! E se você me disser que risotto é pápa eu te digo: você não tem paladar! Rá!
Minhas raízes (beeeeeeeeem distantes) italianas afloraram meu gosto para massas e risottos. Se essas comidas não engordassem eu seria mais feliz :D
Enfim, eu moro numa cidade do interior (hahahahaha), aqui eu não acho minhas traquitanas culinárias, então, quando saio do trabalho sempre vou me divertir no supermercado. Ai você vira e fala: "Mas mulher não gosta de shopping?", e eu te respondo: "Eu gosto é de supermercado!"
Fico passeando pelas sessões, olhando, imaginando o que posso criar com aquelas coisas, e foi num desses passeios, há uns tempos atrás, que eu encontrei o arroz próprio para risottos, não pensei duas vezes. Comprei, fiz, e viciei.
Adoro comidas que me permitem variar, você pode fazer risotto do que você quiser, seja criativo.
Vai aparecer muitas variações do prato, já aviso.

RISOTTO DE ESPINAFRE E BACON
(criação minha)

Ingredientes

2 xícaras de arroz arbóreo (ou carnaroli)
4 colheres de azeite extravirgem
1 cebola pequena beeeeem picadinha
1 dente de alho bem picadinho
1 xícara de vinho branco
1 e ½ litro de caldo de legumes (caseiro ou não)
1 colher bem cheia de manteiga ou margarina gelada
1 xícara de queijo ralado (usei meia cura)
200gr de bacon em cubinhos já fritos
½ brócolis japonês picado (usei somente os buquês)
1 punhado de castanha de caju picadas

Como fazer:
- Prepare o caldo e deixe fervendo ao lado da panela na qual você irá preparar o risoto. Se você não quiser ou não tiver tempo de preparar o caldo caseiro, dissolva um tablete de caldo de legumes em aproximadamente 1 ½ litro de água, ajuste o sal (cuidado para não salgar) e um segredinho: coloque um buquet garni* para aromatizar.
- aqueça o azeite na panela, frite o alho ligeiramente e acrescente a cebola, quando ela começar a ficar transparente, junte o arroz e refogue por mais ou menos 3 minutos.
- acrescente o vinho, prepare os braços e mexa sempre, até o álcool evaporar e o arroz ficar quase seco. Então, acrescente uma cocha do caldo. Quando esta secar, acrescente a próxima, sempre mexendo bem. Faça isso até o arroz estar cozido mais al dente*.
- após o arroz ficar pronto, crescente o bacon, o espinafre e as castanhas, mexa e desligue o fogo. Acrescente a manteiga e o queijo, mexa e bom apetite.

Buquet garni: mix de ervas frescas em forma de buquet. No meu, peguei uma folha de alho poró e coloquei manjericão fresco, pimenta de cheiro e orégano e amarrei com uma cebolinha aferventada.
Al dente: é o ponto em que o alimento está cozido, mas sem desmanchar.

22 de junho de 2011

bora começar...

Acho que quem seguia o meu outro blog, vai achar esse um tanto quanto diferente. Mas quem me conhece mesmo nem se espanta, certo? Explico: sempre amei cozinhar, e quem anda na minha casa já provou nem que seja um miojo que eu fiz. Porém, os anos foram passando e os cabelos brancos começaram a aparecer, enfim, peguei mais gosto pela coisa, e uma das minhas metas é me profissionalizar.

Chega de lenga lenga e vamos para o que interessa: CO-MI-DA!

Pra iniciar esse espaço com o pé direito, vamos com uma receita que é MEGA-HIPER-ULTRA-FÁCIL, até meu noivo que nem frita ovo dá conta: Mousse de maracujá :)
Aliás, só pra constar, eu AMO maracujá ^^

Ingredientes

1 lata de leite condensado
1 lata de creme de leite com o soro (ou duas caixinhas)
1 lata (ou a gosto) de suco de maracujá (natural, por favor. Faça assim: pegue a poupa e bata no liquidificador e passe por uma peneira, os pontinhos da semente são um charme tá?!)
suco de 1 limão

Modo de preparo

Bata tudo no liquidificador e leve para gelar.
Difícil né?

*Dicas de gordo: coma esse mousse com um bolo de chocolate bem molhadinho ou com um brownie :D

Beijocas!